Receber em casa

Ahhh receber em casa, que delícia! Ou… que pesadelo!!! Depende de como encara essa missão. Existem mil dicas para se receber bem, vou enumerar apenas cinco aqui, para você refletir e colocar em ação:
• Abrir a casa aos convidados precisa ser de coração. Isso vai facilitar tudo, pois fará seu planejamento com mais tranquilidade e com certeza terá mais assertividade;
• Planeje. Faça de fato uma lista de tudo o que vai ter que providenciar. Desde como vai convidar, com que antecedência, número de pessoas, horário, local, comidas, bebidas, flores, decoração, acentos para todos, estacionamento (sim, porque temos que cuidar da segurança e conforto dos convidados) e etc;
• É importante perceber que não existe uma regra fixa para receber, ao contrário, existem muitas variantes que devem ser observadas nessa organização: clima, local, horário, estilo do grupo, orçamento disponível, propósito do encontro, etc. Um erro muito comum é, por exemplo, organizar uma reunião muito formal para um grupo super descolado. Isso pode deixar o encontro engessado e ninguém se sentir a vontade em sua casa;
• Informalidade não quer dizer desleixo. Lembre-se que limpeza, organização do espaço, pontualidade, operação e logística, deixarão tudo fluir bem, você ficará mais tranquila e seus convidados estarão bem servidos;
• E para terminar essa breve listinha: aproveite. Isso mesmo, aproveite seus convidados, recepcione-os na porta, curta-os, dê atenção a eles, converse, olhe nos olhos, dê risada, realmente acolha-os bem. Não adianta deixar tudo perfeito e os anfitriões não se dedicarem aos convidados.

Nenhum comentário.

Vamos brindar a chegada do final de semana?

Brindar é sempre um ato de alegria e celebração. Alguns dizem que ao brindar devemos aguçar os 5 sentidos, desta forma, devemos olhar nos olhos da pessoa que estamos brindando, ouvir o tim tim das taças se tocando, aspirar o bouquet da bebida, sentir o seu paladar e por fim, o toque macio da taça. Quando temos essa percepção, o brinde se torna ainda mais especial.
Tenho algumas dicas importantes para você se sair bem nesse momento:

• Dependendo da bebida e da taça, existe uma quantidade ideal para preencher. A taça do vinho tinto, por exemplo, deve ser preenchida apenas 2/3, já a taça do champagne apenas a metade, já que ao colocar o líquido a espuma acaba subindo até a borda;
• Quem propõe o brinde deve proferir algumas palavras antes do tim tim, expressando o objetivo do ato;
• Segure a taça sempre pela haste, a fim de não esquentar a bebida;
• Ao brindar é importante que as taças se toquem com delicadeza e mais no meio do bojo e não na borda, pois pode respingar o líquido ou até trincar o cristal. Em situações mais formais é necessário apenas elevar as taças, sem tocar;
• É obrigatório beber, ao menos um gole, após o brinde;
• Não tem problema algum brindar com suco, água ou refrigerante;
• E a última dica, não menos importante: a taça ideal precisa ser transparente, ter bojo grande e haste comprida. Porque além de aromas e sabores, uma das coisas que se aprecia em um bom vinho é a sua cor. Em uma taça opaca, não é possível observar as diferentes tonalidades. Fuja das taças coloridas.

Nenhum comentário.

Etiqueta à Mesa: Serviços à Inglesa e à Francesa…você sabe a diferença?

Ter conhecimento dos serviços à mesa é importante tanto para quando você participa de um evento como convidado, como quando quer organizar um jantar ou almoço.  Não é nada confortável ficar perdido, sem saber como agir à mesa. Ou quando for pedir um orçamento a um buffet, até os valores variam de acordo com o serviço escolhido.

Ambos são para jantaremos mais formais e requerem maior número de profissionais envolvidos. Esses devem estar muito bem uniformizados e treinados para que nada saia errado. O primeiro passo a seguir é pensar na localização dos convidados à mesa, conforme vontade ou interesse do anfitrião (placement). O convidado de honra fica à direita da anfitriã e a convidada de honra à direita do anfitrião, esta será a primeira a ser servida e em seguida todas as mulheres, depois todos os homens e por último o anfitrião. Na organização dos lugares é fundamental que seja feita de tal forma que a conversa flua na mesa como um todo.

No serviço à Francesa a travessa com os alimentos será servida pelo lado esquerdo de cada convidado e ele mesmo se servirá. Os talheres estarão com os cabos voltados para ele, a fim de facilitar. A bebida é servida pelo lado direito.

No serviço à Inglesa, o próprio garçom irá servir o convidado. Poderá ser diretamente da travessa ou também com o auxílio de um carrinho de serviço.

A retirada dos pratos nos dois serviços será feita pelo lado esquerdo. O novo prato limpo é colocado pelo lado direito.

Além dos serviços à Inglesa e à Francesa, entre os mais conhecidos estão o Empratado, o Buffet, à Brasileira e o Volante.

Nenhum comentário.

Você gosta de receber em casa? Então capriche na produção do lavabo

É muito importante, quando se gosta de receber em casa, que cada ambiente esteja preparado com capricho. Não apenas as salas ou varandas, mas também o lavabo. Local onde a visita acaba sempre dando uma passadinha, nem que seja apenas para lavar as mãos e se olhar no espelho. Costumo dizer que além de limpo e bem organizado, deve conter alguns acessórios úteis para qualquer imprevisto. Segue alguns itens como sugestão:

Em uma badeja delicada colocar: Sabonete Líquido, Creme para as mãos e um Spray de ambiente. Se houver espaço, coloque lenços de papel (personalizados ou não);

 

produtos Sparkkli Home Spa

Em uma caixa que componha com a bandeja guardar: fio dental, absorventes embalados, alfinetes de gancho, cotonetes, linha e agulha. Isso para socorrer a visita, caso necessite;

 

Sugestão de caixa e bandeja. Produtos Cleusa Presentes

Toalhas de lavabo e rosto: duas ou três toalhas de lavabo e uma de rosto penduradas ou enroladas sobre a bancada.

 

Sugestão de caixa, bandeja e lenço de papel. Produtos Cleusa Presentes

Para complementar, um pequeno arranjo floral, dará um toque de frescor.

Onde encontrar:

Sparkkli Home Spa – www.sparkklihomespa.com.br

Cleusa Presentes (Grupo Santa Helena) – loja Rua Canário,  1277  - Moema

 

 

 

Nenhum comentário.

ETIQUETA…NA PRAIA???

Nossa, alguns devem ler esse título e pensar: agora ela exagerou. Não, ao contrário, estou muito consciente em escrever esse texto, pois tenho tido reclamações constantes do mal comportamento das pessoas na praia. O verão, o calor e as férias nos remetem muitas vezes para um lugar gostoso, agradável e acima de tudo democrático, como a praia. Normalmente, pensamos em caminhar, na areia, ficar sentado à beira do mar sentindo aquela brisa maravilhosa no corpo e entrar no mar para brincar com as ondas, se refrescar, “lavar a alma”, enfim todo aquele prazer que a praia e o mar são capazes de nos proporcionar.

Entretanto, todos esses pequenos prazeres podem ser podados se o comportamento das pessoas não forem adequados. As praias estão lotadas, pois o clima tem colaborado bastante, dessa forma, devemos pensar que para tudo fluir bem, temos que seguir algumas regrinhas básicas, mas que fazem toda a diferença. A partir do momento que um indivíduo ou um grupo age de uma forma escandalosa ou irresponsável, vai ferir a paz do outro.Vou citar alguns exemplos:

. Ruídos: evite colocar músicas em alto volume dentro de casas, carros ou barcos. Por melhor que seja a música, cada um tem um gosto. Ninguém é obrigado a ouvir o pagode ou que seja, a ópera que o outro gosta. Isso é invasão de espaço! Quer ouvir música, ouça em baixo volume ou com fones de ouvido;

. Cheiros: outro dia eu juro que não acreditei. Estava em um local, onde barcos param para os banhistas saltarem e mergulharem. Dentro de um dos barcos estavam fazendo churrasco e simplesmente poluindo a baia toda com um cheiro fortíssimo de carne assando. As pessoas querem no mínimo sentir o cheiro de maresia e não da comida que o outro está fazendo no meio do mar. Essa foi a pior…

. Lixo na praia: deixar resíduos de alimentos ou outros tipos na praia é simplesmente o cúmulo. Mas, infelizmente vemos, em algumas praias, no final do dia, uma quantidade enorme de latas, embalagens de sorvete, sabugos de milho jogados na areia. Isso é tão básico, que realmente não entendo como ainda tem pessoas que agem assim.

Fácil, não é?! Como sempre digo: etiqueta serve para orientar os indivíduos e facilitar o dia a dia. Quanto mais populoso for o espaço, mais precisa de regras, senão vira o caos.

1 Comentário

Como apoiar os talheres durante e no final da refeição

A Etiqueta à mesa é algo simples e um conhecimento básico e importante é em relação à posição dos talheres enquanto a refeição acontece. Saber como e onde apoiá-los é fundamental para uma postura elegante e mais do que isso, facilita a leitura para o garçom ou quem estiver servindo, pois saberá, por exemplo, se o comensal quer repetir ou já finalizou a refeição.

A seguir algumas dicas:

1) Durante a refeição, quando quiser apoiar a faca e utilizar apenas o garfo, coloque-a na borda do prato diagonalmente. Evita sujar a toalha.

2) Quando finalizar a refeição, deixe os talheres paralelos, com a faca à direita. Isso facilita a retirada, pois a pessoa consegue, com apenas uma das mãos, recolher tudo, pegando o prato e prendendo com o polegar os dois talheres.

3) Nunca deixe os talheres apoiados apenas com a ponta no prato, descendo até a mesa. É considerado deselegante.

 

4) O descansa talheres é utilizado durante a troca de pratos ou se vai ao buffet servir-se novamente. Também pode ser utilizado quando for estender o prato, para facilitar quem está servindo. Em outras situações, como por exemplo, em que estiver utilizando o guardanapo ou cortando o pão, deve-se apoiar os talheres no prato, como mostrado anteriormente, no item 1.


Nenhum comentário.

Etiqueta no avião – férias

foto arquivo IPAM

Eu sempre fui muito observadora e nunca entendi muito bem porque tem pessoas que vão fazer uma viagem de avião vestindo calça jeans justa e salto alto. Tudo bem que cada um veste o que quer, mas a primeira dica é: vá com uma roupa confortável, pois inclusive é mais saudável. Principalmente quando trata-se de voos mais longos, ficar com roupas e sapatos apertados faz realmente muito mal à saúde. Existem roupas mais soltas, com tecidos flexíveis, como pantalonas, batas, camisetas ou malhas que funcionam super bem nesse ambiente e combinam com mocassins, tênis ou sapatênis. Você não vai perder nem a elegância, nem a saúde.

Sobre o comportamento, o melhor é lembrar que você vai ficar horas com muitas pessoas, num lugar fechado, sem ter como sair e se não houver respeito, a viagem pode se tornar um inferno. Respeite o tamanho da bagagem de mão permitida, se todos resolverem levar maletas e sacolas a mais, não terá espaço suficiente. Isso é óbvio, mas tem pessoas que não se dão conta disso. Ficar conversando intermitentemente e em tom alto de voz, também é uma indelicadeza com os que querem descansar ou ler. Se estiver em poltrona do meio da fileira, evite ficar levantando toda hora e incomodando as pessoas da ponta. Não exagere na bebida alcoólica e nem na comida, para evitar passar mal. Se estiver com criança, oriente-a para que não incomode os outros passageiros, principalmente chutando a poltrona da frente. Às vezes a criança nem percebe que interfere no conforto do passageiro da frente. E para finalizar, quando o avião já estiver em terra, espere a hora certa para levantar, pegar as bagagens de mão e sair da aeronave. Não tem nada pior do que aquelas pessoas que ficam atropelando as outras querendo sair depressa como se o avião fosse explodir. Cinco minutos a mais não farão a diferença.

 

 

Nenhum comentário.

Etiqueta para uso do celular

O mau uso do celular já é tão comentado que dependendo do que for colocado aqui, vai ficar com um ar de “jornal velho”.

Eu não conheço mais ninguém que não tenha seu próprio celular. O aparelhinho realmente é útil e viciante. Resolve desde questões muito simples do dia a dia, até situações de vida ou morte. Até aí tudo bem. O que é importante ser dito, mais uma vez é que ele pode também dificultar a comunicação – sim, isso mesmo – dificultar a comunicação com quem está ali, na sua frente. É fundamental que todos saibam que a prioridade é de quem está presente. Regrinha número um e tão básica, entretanto praticamente todo mundo esquece. Tendo em mente essa orientação, fica muito simples. Quer ver:

· Deixe seu celular, de preferência no vibracall. Assim evita perturbar todos a sua volta;

· Se estiver conversando com alguém e tocar, não atenda. Dê o retorno depois;

· Se estiver em reunião não atenda. Caso esteja esperando alguma ligação urgente, avise no início que talvez tenha que atender e quando tocar, peça licença, atenda fora do ambiente e retorne à sala o mais breve possível;

· Se estiver à mesa de refeição evite deixá-lo sobre a mesa e não atenda se tocar. Caso esteja aguardando alguma ligação importante, deixe-o sobre a mesa, mas virado com a tela para baixo;

· Se estiver em locais fechados, como transportes públicos ou elevadores, evite atender. Se for urgente atenda, mas fale o mais breve possível e em tom de voz baixo;

· E por último, caso tenha que atender em lugar público, fale baixo, ninguém precisa saber o que está conversando.

E aproveitando o assunto, não podia deixar de falar sobre a última invenção, que é uma capa de iphone (Blokket), que pode deixar você mais elegante: ela impede chamadas e recepção de textos, enquanto você estiver em locais que não deseja ser interrompido. Foi projetado pela Chelsea Briganti e The Way We See The World. Por enquanto ela está sendo vendida apenas no Museu de Arte Moderna de NY. Talvez seja uma boa solução para todos nós usuários. Se quiser dar uma olhadinha no produto acesse: www.fastcodesign.com.


Nenhum comentário.

Postura Corporal e a Elegância

É muito comum vermos pessoas muito bem vestidas, porém com uma postura corporal inadequada. Hoje eu vou falar sobre esse assunto tão relevante e que tantos não dão a devida importância. Meu tema principal é sempre a Etiqueta claro, mas não consigo falar desse assunto sem citar Postura como um item agregado a ela. A coluna reta ao caminhar, sentar e ficar em pé, passa um ar de autoconfiança e até muito mais do que isso, protege sua saúde. No nosso dia-a-dia não nos damos conta de movimentos e posições erradas que machucam a coluna e alguns problemas só vão aparecer com a idade mais avançada. Tenho levado comigo em minhas palestras a fisioterapeuta Prof. Cintia Freitas, que apresenta ao público os vícios dos movimentos e posições diárias e como devemos evitá-los. Dentre tantas dicas que ela costuma dizer, 3 palavras devem ser sempre lembradas: perceber-se, auto-correção e automatização.Após sua explanação fica fácil convencê-los de que ficar com a coluna reta e apoiada é o melhor caminho. Concluindo, além de transmitir um ar de segurança e elegância, a pessoa faz uma prevenção de sua saúde.

Outros cuidados imprescindíveis para uma postura elegante é falar com voz audível, mas sem ser alto demais; gesticular delicadamente, sem exageros; cruzar as pernas, sem mostrar a sola do sapato e caminhar olhando para frente fazendo um ângulo de 90 graus entre queixo e pescoço.

Pense nisso!

 

4 Comentários

O poder da camisa

Na semana que passou eu tive o prazer de dar uma palestra na empresa que trabalhei por dez anos de minha carreira, a Eliane Revestimentos Cerâmicos. Dei um panorama geral sobre Etiqueta Corporativa, me atendo nos 3 pilares importantes sobre o tema: Aparência, Postura e Comportamento, que via de regra apresento em meus cursos.

Minha platéia era composta por 25 profissionais mulheres, que possuem uma rotina com compromissos que variam de visitas em clientes, reuniões internas, áudio-conferências e eventos dos mais variados. O dress code da posição que exercem transita entre o traje Esporte e o Passeio e para auxiliar nesse dia-a-dia intenso e eclético, a dica que passei, e que reforço neste post, é o uso da Camisa. Peça muito útil, versátil e, posso dizer com tranquilidade, combina com qualquer tipo de corpo, dependendo do modelo e tecido.

Composta com jeans e um blazer, saia ou calça de alfaiataria, ternos ou taillers, fica elegante e eficiente. Caso o tecido tenha transparência, é fundamental o uso de uma camisete por baixo para ficar mais discreto para uso no trabalho. Não deve também ficar justa demais, forçando os botões ou prendendo nos ombros, é importante que esteja bem alinhada ao corpo. O comprimento também deve ser observado, o ideal é que venha até aproximadamente 10 cm abaixo do umbigo, caso vá deixar para fora. A não ser que seja um modelo tipo “camisão” que num tecido mais leve, fica muito adequado o uso para fora de uma calça um pouco mais ajustada.

Tanto as lisas, como as estampadas ficam elegantes, dependendo também das composições. As listras verticais, ajudam a afinar a silhueta, assim como as estampas menores são mais adequadas para tamanhos maiores.

E para finalizar, meu último conselho é que seja uma peça com tecido de qualidade, independente de qual for (seda, algodão, crepe, entre outros) e que tenha um bom caimento.

O visual no trabalho, mesmo num ambiente informal, não deve ser desleixado. Lembre-se disso e boa semana!

 

Camisa Dudalina

Camisa Dudalina
Camisa Dudalina

5 Comentários

SetTextSize SetPageWidth